Categorias
Sem categoria

Saúde Mental e humanização das relações no ambiente de trabalho

Esse artigo abordará a relação entre saúde mental e ambiente de trabalho indicando algumas ações para gestão humanizada nas relações organizacionais. 

A saúde mental no ambiente de trabalho está em uma encruzilhada

Hoje em dia, o mundo do trabalho encara três amplas disrupções.

Na parte tecnológica, tem que lidar com Inteligência Artificial, machine learning e automação acelerada no cotidiano.

Em relação à antropológica, é necessário,a partir da pandemia, conviver com a fragilidade humana, com a diminuição da natalidade e a migração (voluntária, forçada, urbano-rural ou internacional).

E, por fim, com a ecológica (com produção desmedida de danos na diversidade biológica e modificações constantes do clima).

Essas disrupções pode atingir a área empresarial – extinguindo funções, modificando tarefas e até mesmo, substituindo profissionais.

Conectadas, elas criam um ambiente imprevisível no qual o trabalho pode se tornar desumanizado.

Entretanto, podemos, também, humanizar qualitativamente espaços profissionais, redescobrindo novos padrões.

Afinal, a saúde mental está relacionada como nossos sentimentos, pensamentos e comportamentos sociais.

Nesse sentido, é fundamental voltarmos a pensar coletivamente para converter situações tumultuadas em diferentes níveis e conseguirmos irmos além da diretriz da sociedade individualista atual.

Nosso bem-estar emocional deve ser tão importante quanto uma boa saúde física.

Quando a organização tem consideração com os seus colaboradores, o ambiente entre os profissionais é bom, há valorização da saúde emocional e existe maior probabilidade de retenção dos colaboradores, evitando o custo com demissões, contratações e treinamento.

A Organização Mundial da Saúde por estudos recentes, busca alertar sobre as principais causas de transtornos no trabalho.

Entre as principais dificuldades de saúde mental, estão a ansiedade e depressão, que podem ser geradas como reação a situações difíceis de lidar na vida pessoal, mas, também no ambiente profissional.

A saúde mental de uma pessoa mudará à medida que as circunstâncias mudem e/ou a partir de diferentes estágios de sua vida.

Acima de tudo, todos esses efeitos podem ser amenizados ou até eliminados se houver maior atenção dispensada à saúde mental um dos caminhos para isso é a humanização.

Humanização é chave para o bem-estar organizacional

A composição da área empresarial está ficando cada vez mais diversificada.

Encontramos mentalidades variadas, convivendo em espaços geográficos diferentes, com mistura de culturas, gerações, religiões e gêneros díspares… em espaços presenciais e virtuais.

Contudo, o que experimentamos hoje, mudará em alguns anos e com isso, vêm os desafios.

E se pensássemos sobre o trabalho com as pessoas no centro do processo?

As pessoas com boa saúde mental conseguem aproveitar ao máximo seu potencial e viver plenamente com seus colegas de trabalho, família e comunidade.

É essencial apresentarmos, principalmente, flexibilidade no modo de pensar e lidar com as pessoas e acreditar que as circunstâncias empresariais reforçam recursos e a confiança dos colaboradores.

Colaboradores podem mudar seu mindset, pedir auxílio e recebê-la, sem serem julgados por seus colegas, tendo abertura para lidar com estresse, depressão, ansiedade e outras doenças mentais E a área de gestão de pessoas pode harmonizar o ambiente profissional, orientando sobre saúde mental.

Caminhos para o bem-estar organizacional

Ações simples podem promover um ambiente de trabalho humanizado em mundo disruptivo de negócios.

Conecte-se com quem está ao seu redor – conversas significativas podem ser feitas por meio de reuniões periódicas presenciais ou por videoconferência, ao invés de utilizar só o e-mail;

Junte-se a pessoas que compartilham um interesse comum – desenvolva essas conexões, identificando e modificando possíveis condutas organizacionais tóxicas;

Seja ativo – todos os dias faça uma caminhada ou o mais importante – descubra uma atividade física que você goste e que se molde ao seu condicionamento físico;

Permaneça presente no “aqui e agora” – preste real atenção ao mundo ao seu redor:  natureza, pessoas (seus pensamentos e sentimentos) – seja curioso e respeitoso;

Continue aprendendo – aprenda novas habilidades e informações sobre temas que lhe interessam, procure aprender algo novo e redescubra um interesse antigo sempre;

É crucial que você se mantenha saudável, mas, pode ser difícil porque nossa mente cria padrões e ciclos de hábitos negativos nos quais ficamos presos, mas, a boa notícia é que você pode treinar sua mente. Tente…

A MRojas Talentos Humanos (www.mrojas.com.br) se coloca à disposição para apoiar você e/ou as ações da sua empresa.

Navegue pelas publicações da empresa nas redes sociais, para continuar lendo conteúdos que podem contribuir para um clima organizacional melhor e desenvolvimento profissional.

Caso queira, comente abaixo: com que frequência você reflete sobre a importância da saúde mental.

Eliana Ozores — Ma. em Comunicação — ECA/USP

#gestaodepessoas, #gestaohumanizada #disrupção #desenvolvimentoorganizacional #saúdemental #trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.