Categorias
Sem categoria

Orientação vocacional, orientação para o trabalho ou orientação de carreira — qual escolher?

Orientação vocacional, orientação para o trabalho e orientação para a carreira — estes três procedimentos podem ser confundidos, afinal estão ligados a direcionamento na vida profissional, entenda suas diferenças e faça a opção mais assertiva diante da sua necessidade.

Orientação vocacional tem a ver com escolha profissional

O Novo Ensino Médio   e as mudanças meteóricas do mundo poderão intensificar as muitas indecisões dos estudantes sobre carreiras a serem seguidas, de forma prematura.

Nesse sentido, a oferta de orientação vocacional em escolas e em instituições especializadas, inclusive, pode ajudar os jovens a dominarem este processo para uma escolha mais acertada e assim, evitar maiores frustrações.

A orientação vocacional é um processo onde um profissional especializado vai ajudar um jovem a compreender melhor algumas características a respeito de si mesmo.

Abaixo exemplificamos algumas das perguntas que surgirão no decorrer desse processo:

. será que essa pessoa se conhece o suficiente para escolher uma profissão?

. será que conhece as suas principais características?

. quais são as coisas que ela mais gosta?

. o que ela gostaria de fazer?

. essa pessoa está preparada para escolhas?

. será que tem poder de decisão?

Nesse tipo de orientação VOCÊ vai buscar as respostas, com a orientação do profissional especializado.

Os testes podem fazer parte ou não de um processo de orientação vocacional, como uma forma de levantar informações a respeito dessa pessoa.

E essa ação pode ser feita, também, a partir das ferramentas específicas que o psicólogo dispõe.

Esses testes quando forem aplicados, vão corroborar para medir:

. características de personalidade;

. interesses e

. capacidades cognitivas, entre outros atributos.

E mais uma coisa — com relação ao uso de testes: perante a legislação brasileira, somente psicólogos registrados no CRP — Conselho Regional de Psicologia podem fazer uso deles.

Para esses testes serem desenvolvidos são necessários anos de pesquisa e o psicólogo precisa de uma capacitação específica para saber aplicar, assim como, interpretá-los adequadamente.

Orientação para o trabalho está ligado a busca, manutenção ou mudança de emprego

No mundo corporativo existem ferramentas que vem sendo empregadas como uma espécie de orientação para o trabalho ligada a sucessões de cargo e retenção de talentos.

Habilidades, aptidões e interesses vão mudando ao longo da vida, pois, cada vez mais você vai se conhecendo e se descobrindo.

Temos muitos exemplos de pessoas que começam numa área, trabalham anos nela e depois, decidem mudar de profissão.

Ocorrerão vários momentos, que você poderá entrar em crise durante a vida – pré vestibular é uma das primeiras crises ou uma das últimas crises – poderá ser quando estiver se aposentando.

Uma profissão tem a ver com as suas próprias características.

Por exemplo, você é uma pessoa mais analítica, com ritmo moderado de atuação e escolheu uma profissão que necessariamente precisa ser dinâmica, operacional e prática – então, essas competências requeridas poderão se tornar uma violência para você.

A orientação para o trabalho vai lhe ajudar a pensar:

. se vai querer continuar no seu emprego;

. se vai querer mudar de profissão ou

. se vai solicitar mudança de setor.

Orientação de carreira envolve uma ressignificação profissional 

A orientação de carreira é um processo de ressignificação profissional porque possibilita estabilização emocional e permite encarar dificuldades com mais segurança na profissão.

Na ressignificação profissional você vai descobrir aspectos positivos ou dar outro sentido ao que está arraigado aos seus valores e crenças relativas à sua carreira profissional.

Ressignificar vivências pessoais e profissionais em momentos em que eventos ocorrem velozmente e de maneira disruptiva, atualmente, é essencial.

Portanto, a orientação de carreira é um outro processo de ajuda profissional que deve ser acompanhada por um profissional especializado.

Esse tipo de orientação aumenta as oportunidades de sucesso e satisfação, tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Quando você considera participar desse processo, talvez você seja um executivo estabelecido ou está buscando redefinir o papel do trabalho em sua vida.

Então,o profissional especializado vai lhe ajudar a pensar, entre outras reflexões, sobre:

. O que você está procurando conseguir neste período de sua carreira?

. como isso se adapta no conjunto total de sua vida?

. como você determina o sucesso nesta ocasião?

. quais são suas obrigações e responsabilidades?

. quais são as suas realizações?

. qual é a sua “bagagem de mão”?

Portanto, a orientação de carreira é um processo cujo objetivo é adequar as suas escolhas e integrá-las em seu desenvolvimento pessoal, profissional e social.

Deseja mais dicas para realizar uma escolha tão importante?

Busque a parceria da MRojas Talentos Humanos na estratégia da sua empresa e ajude seus colaboradores a definirem objetivos profissionais!

Eliana Ozores — Ma. em Comunicação — ECA/USP